• webmail
  • Acesso restrito
catarata-img

Catarata

A palavra catarata, de origem grega, tem por significado “queda de águas brancas”. Ela designa esta doença porque os gregos compararam o embaçamento visual do portador de catarata a visão obtida ao se olhar através de um queda d´água.

Diagnóstico

No exame oftalmológico, observa-se a deficiência visual que não pode ser compensada pela prescrição de lentes de óculos. Ainda no consultório, utilizando um microscópio, o oftalmologista detecta a opacidade do cristalino. A partir desta constatação, são solicitados exames complementares para afastar outras anormalidades oculares e para o planejamento da cirurgia, incluindo o risco cirúrgico emitido pelo cardiologista ou clínico geral.

O que é e quais são as causas?

Catarata é a opacificação da lente natural do olho, chamada cristalino, que obstrui a chegada dos raios de luz na retina. Ela pode ser resultante do processo natural de envelhecimento (catarata senil), ou ter causas como a inflamação ocular crônica, trauma ocular, ou uso de medicamentos (cortisona). A catarata pode ocorrer também na forma congênita.

Na sua formação inicial pode causar alterações no grau dos óculos e prejudicar a visão de detalhes e cores. Com sua intensificação a deficiência visual piora, podendo chegar ao extremo do bloqueio completo da passagem da luz.

O único tratamento disponível para catarata é a cirurgia, que consiste na troca do cristalino opaco por uma lente artificial transparente (Lente intra-ocular – LIO).